QUAIS OS TIPOS DE DIVÓRCIO E A MÉDIA DE TEMPO DE DURAÇÃO DO PROCESSO

Com o fim do casamento, alguns questionamentos costumam ocorrer, como por exemplo, que tipo de divórcio deverá ser feito e qual o procedimento adotado.

No entanto, é importante esclarecer que o tempo de duração do divórcio irá depender se o mesmo for amigável ou litigioso, assim, para dar início ao divórcio é indispensável juntar os documentos necessários e procurar um advogado.

Se o casal estiver de acordo, poderá ser realizado o divórcio em cartório de forma extrajudicial, lembrando que neste caso não deve haver questões complexas, como por exemplo, filhos menores e partilhas de bens.

Já se o casal não estiver de acordo e tiver pendências a serem resolvidas, como nos casos de guarda de filhos, pensão alimentícia e bens a partilhar, o divórcio será litigioso e deverá ocorrer obrigatoriamente no judiciário.

Quando o casal estiver de acordo com a separação, poderá ocorrer a modalidade de divórcio consensual, que costuma ser mais célere que o litigioso, lembrando que, caso o casal tenha filhos menores ou incapazes, o divórcio deverá ser realizado de forma judicial, tendo em vista que o Ministério Público precisa participar para garantir a segurança dos menores.

Quanto ao tempo de cada processo, não existe uma regra, pois se deve levar em conta as particularidades de cada caso, mas no geral os divórcios consensuais costumam durar de 2 a 6 meses, o litigioso em média 2 anos, e os extrajudiciais realizados em cartório, em média 1 mês.

× Como podemos te ajudar?