ATENÇÃO SEGURADO DO ISSEM: ESTÁ EM VIGOR PORTARIA QUE REDUZ OS SERVIÇOS OFERTADOS

Na última segunda-feira (04), foi publicada a portaria nº 222/2021 – ISSEM, que estabelece medidas temporárias de contenção de despesas no ISSEM SAÚDE, e suspende ou reduz temporariamente os serviços ofertados.

A portaria restringe internações, procedimentos médicos e exames de imagem a casos de urgência, emergência e partos. Limita consultas médicas a uma por mês, por beneficiário, um exame laboratorial por código do rol de cobertura a cada três meses, suspende terapias ocupacionais e fonoaudiologias e atendimento à COVID.

Casos não previstos na portaria ficarão restritos a situações de urgência, emergência, risco de vida ou conforme avaliação do médico auditor, o que acaba por prejudicar o servidor, tendo em vista que procedimentos de rotina ou outros serviços eletivos ficam suspensos.

A medida foi tomada após reunião plenária ordinária do conselho de administração do ISSEM realizada em 20 de setembro de 2021, onde foi discutida a situação econômica do Instituto e a necessidade de apresentação de um novo plano de custeio do ISSEM SAÚDE, a fim de aumentar a arrecadação, reduzir despesas e equilibrar as contas.

De acordo com a ata da reunião, desde 2018, quando o plano ficou facultativo, houve saída de muitos servidores, que contribuem com 3%, e entrada de dependentes, que contribuem com apenas 1%, um dos fatores que acabou gerando o desequilíbrio financeiro atual.

Neste cenário, surge a discussão sobre a possibilidade de se criar um plano básico e um superior, ou ainda um novo plano, de empresas que possam trazer custeio menor ao servidor, mas nada está definido, tendo em vista que a discussão sobre o tema já existe há cerca de três anos e não parece ter previsão de acabar.

× Como podemos te ajudar?